sábado, 15 de dezembro de 2012

UMA BELA HISTÓRIA CHASSÍDICA QUE FALA POR SI MESMA


Um grande rabino visitaria uma pequena aldeia na Rússia.
Era realmente um acontecimento muito importante para os judeus daquela aldeia.
Cada um pensava longa e intensamente nas perguntas que iria fazer a aquele homem sábio. Quando enfim ele chegou, todo mundo tinha se reunido no maior salão disponível, e cada um preparava sua pergunta.
O rabino entrou na sala e sentiu que havia uma enorme tensão. Ele nada disse por um momento, depois começou a murmurar baixinho um hino chassídico. Em breve a sala inteira murmurava com ele. Então ele começou a cantar, e logo todos cantavam com ele. Depois ele começou a dançar, e aí a assembléia inteira ficou tomada pela dança.
Após um certo tempo todo mundo só dançava, profunda e plenamente concentrados na dança. Deste modo cada um tornou-se inteiramente si mesmo e curou-se de seus tormentos internos que os impediam de ter acesso à compreensão.
Quando todos haviam dançado bastante, o rabino diminuiu gradativamente o movimento até parar.
Ele olhou para a assembléia e disse: “Eu creio que já respondi a todas as suas perguntas”.

(Texto extraído do livro: “50 Techniques de Méditation” de Marc de Smedt).
Fonte imagem: http://www.pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/1847388/jewish/As-Melodias-do-Rebe.htm